Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

DI-ariamente

Don't be afraid of anything 🤗

DI-ariamente

Don't be afraid of anything 🤗

A minha Diabetes :)

Catarina Lopes Garcia, 17.09.19

Olá malta, cá estou eu de novo, não tão cedo como queria mas não tive hipótese de vos escrever antes!!

Ainda antes de crir o blog, já tinha (tenho) uma data de "posts" planeados e escritos, prontos a ser publicados, era só escrever e partilhar , mas entretanto mudei tudo, tive novas ideias,pensei em novas formas de escrever sobre isto e então hoje vai ser muito em "cima do joelho" que vou partilhar este post convosco, mas o que interessa é que vocês entendam!  

O meu blog, tal como vos disse na apresentação vai ser sobretudo para eu vos falar um bocadinho da minha "doença", a Diabetes Tipo 1, e hoje vou começar por ai.

  • O que é a Diabetes Tipo 1?

A Diabetes Mellitus tipo 1(DT1) surge quando o pâncreas deixa de produzir insulina. É uma "doença" auto-imune, o que significa que o próprio corpo, através do sistema imunológico, ataca as células que produzem insulina no pâncreas. Isto faz com que o corpo seja incapaz de controlar a quantidade de glicose(açúcar) no sangue.

A DT1 desenvolve-se geralmente em crianças, adolescentes ou jovens adultos e, a única forma de tratamento é a administração de insulina, por isso, somos insulino-dependentes. 

  • O que é a glicémia?

A glicémia é a quantidade de glicose (açúcar) no sangue e varia consoante a hora do dia, a alimentação, o exercício e a dose de insulina.

  • O que é a insulina?

A insulina é uma substância produzida no pâncreas e atua como uma "chave", permitindo que a glicose dos alimentos entre nas células e, assim possam obter a energia que precisam. As necessidades de insulina mudam e, desde cedo, a dose de insulina tem de ser revista continuamente. Durante os primeiros dias, os "doentes" necessitam de elevadas doses de insulina, que vão sendo reduzidas gradualmente com o passar do tempo.

 Existem dois tipos de insulina:

  1. Insulina de ação rápida, que se administra no ínicio de cada refeição, de acordo com a glicémia e a quantidade de hidratos de carbono que vamos ingerir. Tem duração de 3 a 4 horas.
  2. Insulina de ação lenta, administra-se apenas uma vez ao dia, sempre á mesma hora. Tem duração de 24 horas. 

"Diabetes tipo 1 é um diagnóstico sem final de semana,sem feriado e sem férias."

Bem, por hoje ficamos por aqui, se continuasse a escrever ficava muito tempo com a mão no teclado. Espero que gostem,e espero também que tudo o que eu falar aqui sirva para vos trazer mais conhecimento,sobre uma coisa que para muitos de vocês é desconhecido.

Um grande beijinho e até breve;     

                                 Catarina

FB_IMG_1567958149877.jpg

 

 

10 comentários

Comentar post